Caminhões elétricos é um veículo elétrico movido a baterias projetadas para transportar cargas .

Caminhões elétricos: Mercedes Benz
Caminhões elétricos: Mercedes Benz 2021 (Foto Divulgação)

O uso da eletricidade em automóveis ganha cada vez mais seu espaço de forma consistente e forte na indústria internacional e com grandes perspectivas para indústria nacional.

Os caminhões elétricos existem em áreas diversas há muito tempo, mas, mais recentemente, o advento das baterias de íon de lítio permitiu que a gama de caminhões elétricos aumentasse para várias centenas de quilômetros, tornando-os de aplicabilidade muito mais ampla.

Veja Também

⇒  Novidade: Mercedes-Benz Sprinter surpreende com entrada dianteira

⇒ Caminhões elétricos: Mercedes Benz

Conheça a linha Caminhões elétricos: Mercedes Benz (Foto Divulgação)

A partir de 2018, outros fabricantes importantes, incluindo MAN , Mercedes-Benz e DAFcomeçou a entrega de protótipos ou unidades de pré-produção de serviço pesado para empresas para testes do mundo real. Em 2021, a primeira produção em série de caminhões pesados ​​está prevista para começar, principalmente com a Renault , Volvo e MAN.

Então, já existem inúmeras opções em andamento para lançamento dos caminhões elétricos. Sobretudo, falaremos sobre uma opção de destaque: Mercedes Benz.

Mercedes Benz

Mercedes-Benz é uma marca automotiva alemã e, a partir do final de 2019, uma subsidiária ( Mercedes-Benz AG ) da Daimler AG . A Mercedes-Benz é conhecida por produzir veículos de luxo e veículos comerciais . A sede é em Stuttgart , Baden-Wurttemberg . O nome apareceu pela primeira vez em 1926 sob a Daimler-Benz .

Em 2018, a Mercedes-Benz era a maior vendedora de veículos premium do mundo, tendo vendido 2,31 milhões de automóveis de passageiros.

As origens da empresa vêm da Mercedes 1901 da Daimler-Motoren-Gesellschaft e da Patente-Motorwagen 1886 Benz de Karl Benz , que é amplamente considerado como o primeiro motor de combustão interna em um automóvel automotor .

O combustível não era gasolina, era um tipo de petróleo muito mais volátil. Era usado como desengraxante, removedor de manchas, diluente de tinta etc. e queimava ou explodia tão rapidamente que não era armazenado dentro. O slogan da marca é “o melhor ou nada”.

A Mercedes Benz já está há algum tempo desenvolvendo testes com caminhões elétricos pesados. O retorno a esses testes tem se apresentado de forma positiva. O Actros, que possui motor convencional, é um dos destaques e líderes do segmento extrapesado nacional.

Caminhões elétricos: Mercedes Benz
Caminhões elétricos: Mercedes Benz tem muita potencia (Foto Divulgação)

eActros

A Mercedes-Benz começou a entregar unidades eActros para 10 clientes da Suiça em setembro de 2018 para um teste real de dois anos.

A Mercedes-Benz apresentou mais um eActros que possa cumprir operações logísticas da Pfenning, que é a operadora logística da Mannheim. Esse é um modelo 100% elétrico que será usado para transportar peças que abastecerão uma fábrica de motores e componentes elétricos da Daimler.

Agora vamos falar um pouco sobre as especificações do caminhão em si. O caminhão possui uma capacidade de transportar até 25 toneladas de peso bruto total e seu roteiro é de 160 quilômetros diários. É uma distância muito próxima a que entrega, de 200 quilômetros. Para que consiga operar de forma eficiente, o conjunto de bateria é recarregado durante a noite.

O eActros segue de forma muito semelhante ao modelo tradicional da marca, entretanto, sofreu algumas alterações principalmente em sua arquitetura que é muito bem projetada em torno de um sistema de acionamento elétrico. O novo modelo possui configuração com dois motores elétricos unidos aos cubos das rodas do eixo traseiro. Cada um desses motores é capaz de entregar uma potência de 126kW (169 cv) com um torque máximo de 485Nm.

Falando um pouco sobre as baterias, elas possuem uma capacidade de 240kWh que podem ser recarregadas em até duas horas, isso dependendo do sistema elétrico de abastecimento usado.

Esses modelos em teste fazem parte da frota de inovação da Daimler e serão submetidos a testes e avaliações de clientes, de diversos setores de operações reais de transporte de forma a resultarem em desenvolvimentos adicionais antes da produção em série prevista para 2021. O período de testes é de um ano.

Duas versões do caminhão serão colocadas em uso, uma versão de 18 toneladas e outra de 25. O objetivo explanado pela empresa é apresentar um veículo que possui uma condução silenciosa e livre de emissões nos ambientes urbanizados.

Sobre os custos desse caminhão não existem até o momento uma estimativa exata de preço. A previsão de venda para o Mercedes eAcrtros é de 2021.

Seguindo essa estratégia de eletrificação a empresa Daimler Trucks pretende apresentar uma linha de caminhões elétricos da Mercedes.

Mercedes eActros LongHaul

Essa é uma opção para concorrer diretamente com a Tesla Semi e destinado a percorrer longas distâncias, com sua autonomia de 500 quilômetros com apenas uma carga. Para completar a potência e facilidade a marca promete um carregamento super rápido, com recuperação de carga total em apenas 1 hora.

Esse caminhão possui uma previsão de início de sua produção em 2024.

Mercedes GenH2

Essa opção tem um design muito parecido com o LongHaul, mas difere em alguns aspectos. Seu abastecimento se dá com células de combustível de hidrogênio e uma bateria bem pequena de 70 kWH. Essas especificações prometem elevar a autonomia do caminhão em 1.000 quilômetros por carga. Sobre as perspectivas para essa caminhão, a previsão é de iniciar os testes em 2023 e um produção muito rápida já em 2025.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui