Totalmente repaginado, o novo DAF XF105 vem para o Brasil muito mais econômico, melhor equipado em termos de segurança e eletrificação, além de estar com um visual surpreendente.

DAF XF105
As estradas vão ficar pequena com novo DAF XF105 (Foto Divulgação)

O novo lançamento da DAF no Brasil foi anunciado nesta terça feira, dia 18. Com atualizações feitas por equipes em Ponta Grossa, no Paraná, o modelo atualizado do caminhão adquiriu um motor 20 cv mais potente, uma nova transmissão e equipamentos de última geração. Contudo, o preço ainda não foi revelado. Trinta e sete concessionárias em todo o Brasil já tem pelo menos uma unidade do lançamento.

O modelo Paccar MX-13 (12,9 litros), de seis cilindros com turbo, foi o motor escolhido para compor o novo DAF. O caminhão, disponíveis nas configurações de tração 4×2, 6×2 e 6×4, tem duas opções de entrada: uma gerando 480 cv de potência e 255 mkgf a partir de 900 rpm e a outra, de topo, gera 530 cv e 265 mkgf a partir de 1.000 rpm.

Com um turbocompressor VGT de geometria variável como novidade, os resultados operacionais do modelo estão surpreendentes. O DAF também conta com nova bomba de direção e bomba de óleo variáveis de alta performance.

ZF TraXon: novo sistema de transmissão do DAF XF105

caminhão DAF XF105
caminhão DAF XF105

Os responsáveis pela empresa pronunciaram que o novo DAF tem até 14% na redução no consumo de combustível, o que é um avanço. Essa tecnologia se deve à nova relação de 2,64:1 que está disponível na versão de tração 6×2. Alan Messias, gerente do projeto DAF Caminhões, expõe que o XF105 passou a poder carregar cargas mais pesadas sem aumento do consumo no combustível devido a nova relação do eixo traseiro ser mais alongada.

O modelo antigo é mais curto, com uma proporção de 2,85:1. Na geração anterior, os modelos de tração 6×4 tinham proporção de 3,08:1 e 3,40:1 e essas medidas foram mantidas.

Mas um detalhe que chamou bastante a atenção do mercado é a nova transmissão automática TraXon, da ZF, que contém relações mais longas e um total de 12 velocidades. A caixa possui um sistema Eco-mode, que faz o trabalho de gerenciamento do veículo e ainda é bem mais leve. Tudo isso, em combinação com um ajuste de velocidade automático com análise do relevo, feito pelo Controle Preditivo de Cruzeiro. Agora o novo DAF é muito mais preciso nas trocas de marcha e ajuste de velocidade, o que garante mais segurança ao motorista.

Inovação acompanhada de segurança

DAF XF105
Parte dentro DAF XF105 (Foto Divulgação)

Os modelos da linha XF agora possuem sistemas complexos de segurança ativa. Itens como air bag e frenagem de emergência avançada garantem seu bem estar. Com um dispositivo eletrônico que possui a capacidade de frear de forma automática em riscos de colisão frontal, o DAF está muito mais seguro.

Perder o controle do caminhão não é mais uma adversidade tão fácil, pois o novo sistema também conta com controle de estabilidade do veículo, fazendo correções automáticas quando tal possibilidade é “percebida” pelo sensor. Os riscos de acidente, como o “efeito canivete” muito conhecido pelos caminhoneiros, se tornam muito menores.

Como se não bastasse, o sistema ainda tem a capacidade de alertar o motorista sempre que houver uma invasão do caminhão na faixa oposta sem que o mesmo tenha acionado as setas, através de um dispositivo de saída involuntária. Fator muito importante para quem passa muitas horas na estrada e corre o risco de cair no sono.

Para falar em controle de velocidade, o novo modelo conta com um novo controle de cruzeiro adaptativo, que pode ser acionado pelo condutor para determinar uma distância segura a ser mantida em relação ao automóvel em frente. O sistema se atualiza de acordo com o fluxo do trânsito, o que é um grande adicional em termos de praticidade.

Quanto à frenagem, o novo DAF é ainda mais eficiente com o Paccar MX, com potência de 490 cv. O sistema pode ser programado de acordo com o uso do motorista em três níveis distintos.

Um caminhão com sistema inteligente

DAF XF105
DAF XF105 tem designer mais arrojado (Foto Divulgação)

O modelo está muito mais inteligente contando agora com um computador de bordo que funciona como um Assistente de Performance do Condutor, interagindo com o motorista e notificando maneiras mais eficientes de condução. O sistema garante a máxima performance com a ajuda de um instrutor virtual e, na prática, melhorias como essa ajudam até na redução do consumo de combustível.

Com um tipo de piloto automático, o Controle de Cruzeiro Preditivo cruza dados com o navegador GPS e o sistema acusa como se encontra o relevo ao qual o caminhão está operando. Dessa forma, a velocidade e a marcha são escolhidas com muito mais precisão, além de considerar fatores como o peso da carga transportada.

Veja Também

⇒  Chevrolet S10 2021: novas alterações importantes na picape média da GM

⇒ Fiat Strada Opening Edition: versão de colecionador por quase R$ 100mil

O monitoramento de pressão dos pneus também é uma outra solução que você encontra no novo XF105. O motorista é informado pelo instrutor virtual sempre que os parâmetros de pressão predeterminados estiverem fora do padrão. Assim, processos de reparo/calibragem podem ser otimizados.

Não só isso, o sistema também monitora o nível da bateria, emitindo avisos que indicam quando a carga energética está abaixo do indicado para uso. A durabilidade da bateria se torna muito maior e a segurança de todos os outros equipamentos elétricos do DAF também.

Repaginado

Com proposta visual modernizada o novo XF também conta com melhorias aerodinâmicas, no qual a proposta é minimizar o consumo de combustível quanto menor for a resistência do ar. Além disso, o modelo é personalizado com duas opções de cabine, sendo uma delas, a Superspace, com 2,1 metros de altura interna.

A logomarca foi atualizada de acordo com o padrão global atual da companhia, trazendo um diferencial para o novo DAF, junto com o pára-sol. O modelo também apresenta novos faróis feitos em Lexan – material que se produzem janelas de avião – e conta com opcional de LED. A mudança traz benefícios para operações mistas no qual o caminhão trafegará sobre terra.

Redesenhado, o para-choque é agora feito de aço e possui detalhes cromados, garantindo maior resistência. A grade dianteira também aparece repaginada. O comprador pode escolher suas maçanetas das portas e os paralamas também na mesma coloração da cabine.

XF com um interior inovador

Totalmente atualizada, a cabine do DAF está de cara nova e incluindo vários tipos de acabamento. Existem opções de detalhes feitos em alumínio escovado e peças na cor preta e em tom de areia. O pacote top de linha, de nome Exclusive, traz consigo um acabamento diferenciado e único. Se você optar por esse modelo, a cabine é trabalhada na cor Conhaque e possui detalhes em alumínio escovado.

O sistema de iluminação interna foi digitalizada e conta com três níveis diferentes em dimer. O ar-condicionado também vem em versão digital. A posição dos botões podem ser escolhidas de acordo com as preferências do motorista e seu maior uso na rotina diária.

Com inovações na área de repouso, agora o modelo tem uma cama nas medidas de 81cm x 220cm, com colchão de espuma de alta densidade super confortável. Se essa não for a sua preferência, a DAF também disponibiliza beliche, molas ensacadas, blackouts e climatizadores instalados no teto. Além de novo ajuste pneumático no banco do condutor, o modelo também possui travas com tecnologias contra arrombamentos.

O DAF no mercado automotivo brasileiro

Lance Walters, o presidente da filial brasileira da DAF, nos conta que a ideia de trazer novos caminhões para o Brasil começou lá em 2016. Equipes de engenharia Holandesas e Brasileiras se envolveram na adaptação dos modelos de acordo com as necessidades específicas de uso aqui no país.

Walters, sem comentar sobre valores, afirma que um grande investimento foi realizado no que ele mesmo chama de tropicalização dos XF e também na linha de montagem. Houve, além de prestações de serviços e ofertas de variadas peças do novo modelo, programas de capacitação na área comercial das concessionárias e também no pós-venda.

“O Brasil é um mercado com grande potencial e estratégico para o nosso crescimento na América do Sul. Prova disso é que, independentemente do atual cenário, foi possível manter os planos de trazer o novo XF”, conta Walters.

Com lugar especial no ranking de vendas de caminhões rodoviários no Brasil, a empresa comemorou no mês de Julho, a vitória de 10 mil XF vendidos desde que chegou, em 2013, no Brasil. O XF105 é o terceiro caminhão mais vendido, perdendo lugar apenas para o Volvo FH 540 e 460. O presidente da DAF adiantou informações sobre a renovação da linha CF, que será remodelada e lançada em 2021 e disse ainda que a chegada da gama LF está sendo avaliada esse ano de acordo com o mercado.

Fonte: Estradão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui