A Volvo é uma marca muito conhecida por seus SUVs e não é por menos, os SUVs da Volvo apesar de um pouco acima da média em comparação com os concorrentes das outras marcas, entregam o que são exigidos e muito mais do que isso e assim se espera com o Volvo Cx 40 recharge.

Volvo Cx 40 recharge
Volvo Cx 40 recharge e primeiro elétrico da marca (Foto Divulgação)

Há uma moda de carros elétricos na Europa agora, carros bem mais caros para se produzir, mas que muitas vezes compensam e muito na hora do combustível.

Há duas explicações para a Volvo se aventurar nesse meio: a primeira é que os carros na Europa por lei tem que emitir uma quantidade máxima muito baixa de CO2 na atmosfera ou mesmo não emitir nada, é justamente aí que entram os carros elétricos, pois a eletricidade por si não tem esse problema de gerar queima de combustível ( o que gera a emissão de CO2), já os carros movidos à gasolina, vamos combinar que a fumaça da queima de combustível tem que sair por algum lugar e isso gera o CO2 que entra na atmosfera.

Veja Também

⇒  Kia Picanto: o hatch está mais robusto

⇒ Nivus: o melhor SUV abaixo de 100 mil

Outro motivo é que as pessoas estão nem mais conscientes e estão vendo que isso não pesa tanto no bolso o quanto pensavam antes dos carros elétricos e que também podem compensar isso com o valor de combustível que elas gastariam se usassem um carro comum, sem contar é óbvio a preocupação com o meio ambiente.

O fato é que o CX 40 é um carro já muito conhecido da Volvo e como bem sabemos, esses carros elétricos mudam algumas coisas na configuração original do carro.

Especificações do Volvo Cx 40 recharge

Volvo Cx 40 recharge
Volvo Cx 40 recharge carro elétrico (Foto Divulgação)

Uma coisa que vamos ver no carro é que ele está bem menor, lógico que muitos que não conhecem não vão reparar, mas quem já conhece sabe que o carro diminuiu muito o tamanho, o que diminui o peso e melhora muito a dirigibilidade.

Apesar de ter diminuído o tamanho, uma coisa que esse carro aumentou o peso foram os dois motores elétricos de 408 cavalos.

Outra diferença é que o carro perdeu 30 litros de porta-malas por conta do novo compartimento que fica sob o capô.

Na parte de dentro é possível se perceber uma diferença na central multimídia, que foi desenvolvida em parceria com o Google e tem o sistema operacional Android.

O sistema desse carro tem reconhecimento por voz e vai atualizar o motorista de acordo com o trânsito via Google Maps.

Outra coisa legal é que ele vai informar o motorista sobre as estações de recarga que estão mais próximas do motorista, apesar de que a autonomia desse carro é de 400 km.

O CX 40 chega ao Brasil em 2021 e o preço ainda não está definido, mas se você for aquela pessoa que não aguenta esperar, o valor dele é de 25.420 euros (170 mil reais nos valores atuais).

É um carro que foge ao que se sabe da marca de preços acima da média, sendo inclusive mais barato que a imensa maioria dos SUVs da concorrência que nem elétricos são.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui