Carros 2021 X 2022: veja quais modelos tem tendências em aparecer em 2022

Embora 2021 possa não ter sido maravilhoso para os negócios públicos, 2022 as vendas de carros não devem ser abandonado no que diz respeito às entregas, e principalmente em algumas tendências que se tiveram resultados positivos, porém, não da forma desejada. Confira nossa análise da Revista de Automóvel.

Com limite de criação realmente restringido pela pandemia, o negócio está se ajustando e seguirá apresentando mais SUVs e picapes, que têm receita líquida maior.
Além disso, este novo ano também deve registrar um incremento nas opções de veículos elétricos apresentadas no Brasil.

Veja as principais entregas que devem aparecer no ano seguinte:

Carros: Montana chevrolet

A Chevrolet Montana foi inicialmente considerada para enfrentar oponentes como Fiat Strada e Volkswagen Saveiro, mas seus negócios caíram e o modelo foi suspenso. Antes do final do primeiro tempo, o Montana deve voltar ao mercado em outra era, mas com mudanças significativas.

Enquanto a picape utilizou efetivamente o estágio Corsa e Agile, a nova era deve apostar na engenharia do atual SUV Tracker, preencher o tamanho e preencher como uma opção em qualquer evento, para o Fiat Toro. Ainda é hora de dizer o motor, porém o SUV que vai ocupar a base a partir de agora tem um 1.2 três câmaras super equipado para transportar até 133 cv de força.

Fiat SUV roadster

Depois de finalmente ter um SUV para chamar de seu, o Pulse, a Fiat é responsável por manter o ritmo e apresentar mais um SUV conservador. Desta vez, no entanto, deve ser um pouco maior do que o Pulse, com quem compartilhará o estágio MLA, e ter um acabamento do telhado mais enfatizado, como em um carro.

Por dentro tratado como Projeto 376, o novo SUV da Fiat na verdade não tem uma data definida para aparecer, mas o show deve ocorrer em 2022.

Seu visual foi inicialmente impulsionado pela ideia do Fastback, que levou ao Fiat Toro, porém o resultado final deveria estar mais próximo do Pulse do que da picape.

O motor deveria incorporar os novos 1.0 e 1.3, ambos turboalimentados, introduzidos na reunião de Stellantis e agora encontrados em modelos como Pulse e Toro. Por isso, todo cuidado deve ser montado.

SOBRE O AUTOR
Marcelo FB
Apaixonado por carros e motos desde criança, hoje compartilho com todos o meu conhecimento que tive. Sigam nas redes sociais.
RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2022 - Revista De Automóvel