Sendo a mais lembrada do mundo, a marca de motocicletas Harley-Davidson, por muitas vezes ela foi questionada pelo seu valor maximizado, a motocicleta preferida dos rebeldes, e mesmo assim a Harley-Davidson permaneceu sendo um ícone ao longo dos anos.

O motivo desse questionamento, é que a moto Harley-Davidson é um retrocesso tecnológico, seu motor esquenta demais, o guidão treme demais e seu escapamento faz um barulho ensurdecedor.

Mas mesmo assim, de forma impressionante a montadora permaneceu relevante ao longo das décadas e não mudou em nada a tecnologia de seu produto e, com o passar do tempo, foi conquistando um grupo eclético de fãs e pilotos, que vão desde mulheres mãe de família até hipsters barbados.

Mas porque a marca conquista tantas pessoas?

Antes de falar da Harley-Davidson, vamos definir alguns termos técnicos, pois a marca, no sentido literal de sua definição é: nome, desenho, inscrição, número, selo, carimbo, símbolo etc, e isso reflete de forma simbólica uma entidade, qualquer que ela seja, que permite identificá-la de certa forma de um modo imediato.

Mas acredita-se que a marca Harley-Davidson é mais do que isso. Muito mais do que um logotipo, uma marca que evolui e vive nos corações e nas mentes das pessoas.

Veja Também

⇒ Conheça 4 modelos da Dafra motos

⇒ Conheça algumas vantagens de ter motos da marca BMW
Para se ter uma ideia do pioneirismo da A BMW Motorrad, a marca foi a primeira a apresentar a produção em série de motos equipadas com sistema de freio ABS de freios, que até hoje é considerado o recurso de segurança mais seguro para motociclistas.

É como um conjunto de ideias e emoções que os consumidores associam à a marca, com o número infinito de opções oferecidas aos consumidores hoje em dia, muitas empresas estão procurando maneiras únicas de se conectar emocionalmente com os consumidores.

Ao criar a marca Harley-Davidson, desenvolveu-se uma identidade visual forte que se destaque no mercado que posicionou a empresa como um parceiro insubstituível e vitalício para seus clientes.

E com isso os consumidores passaram a confiar na marca e a ama-la. Pois sua individualidade representa seu público, e reforça assim o relacionamento emocional sendo a base de uma marca extremamente bem-sucedida.

Quando as decisões de marketing foram feitas, foi dado a devida importância em examinar os fatores relacionados e a criação de mensagens consistentes que suportam e assim aprimoram esse relacionamento emocional com os clientes.

Mas como se construí essa uma paixão pelas motos Harley Davidson?

Não existe uma formula exata, pois cada marca tem suas particularidades, então aqui vão algumas dicas que a Harley Davidson utilizou para estreitar sua relação com seus consumidores:

  • Construção da sua história além das peças de uma moto, e sim em cima de um desejo coletivo do espírito rebelde de liberdade, e assim as motos Harley Davidson, passou a ser uma das poucas que conseguiram criar um estilo de vida atuante em torno dela.
  • A empresa de motocicletas adotou sua identidade como a personificação da “liberdade”, do “individualismo” e da “rebeldia” Se tornou o que chamam de marca social (social branding).
  • E como todo exército tem uma farda, a marca também pensou nesse quesito, e assim a marca que originalmente é fabricante de motos, desenvolveu a linha de roupas.

E assim a Harley faz um trabalho incrível, promovendo estilo de vida da Harley-Davidson, transformando seus usuários em defensores da marca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui