Após mostrar intenções em desenvolver a nova Harley-Davidson HD350, que é o modelo de entrada da marca. Recentemente, foram divulgados o motor e o chassi do lançamento. O projeto provém do acordo com o Qianjiang Group, que são os proprietários da Benelli.

Nas imagens divulgadas é possível ver um modelo QJ350-13, que é uma marca da Qianjiang. Por outro lado, o design e desenvolvimento do chassi e do motor foram baseados na Benelli 302S. Contudo, com algumas pequenas alterações técnicas para receber o emblema Harley-Davidson .

Veja Também

⇒ KTM prepara novos modelos de motos para 2022

⇒ Suzuki: valorização e respeito aos seus clientes

O design visual da motocicleta alia o arrojo dos modelos esportivas com o perfil dos urbanas, tendo uma rabeta curta, tanque elevado e pára-lamas traseiro mais alongado.

Marca busca formas de baratear os custos

A estratégia usada é uma forma de equilibrar os custos durante a criação dos modelos derivados. A Harley-Davidson de entrada foi pensada para competir em um mercado com preços mais baixos e acessíveis.

Mesmo com esse detalhe para baratear os custos, todas as motocicletas possuem seu próprio estilo e design. A Harley vai ser compatível com o estilo tradicional pertencente à marca, podendo parecer a naked Bronx , mas ter alguns traços da da QJ350-13.

Contudo, a própria Harley-Davidson vai fazer modificações em suas linhas para que haja uma conformidade com a identidade visual da marca. De acordo com os documentos de aprovação, a capacidade volumétrica será de 353 cc e a potência máxima de 36 cv. A potência será menor que a da Nenelli 302s dois cavalos. O visual vai ser aproximado a uma projeção conceitual.

Mas, se levarmos em conta o comportamento das tradicionais, haverá mais entrega de torque do que a chinesa, assim como níveis de emissão que já estejam de acordo ao Euro5.

Ainda não há confirmação sobre sua chegada da motocicleta e também nenhuma notícia de que vai ser disponibilizada no Brasil. Contudo, a expectativa é que seja lançada em meios de 2021. Para os amantes da marca, após ser confirmada no mercado, nacional é provável que possa ser encontrada nas concessionárias ainda no segundo semestre de 2021.

Prevendo um plano de racionalização, a Harley-Davidson divulgou ter planos de cortar 30% de sua gama de modelos para focar com afinco em seus modelos e mercados mais importantes. Portanto, a nova Harley de 350 cc vai competir em um mercado com muito volume.

Harley-Davidson: A representação do Sonho Americano

A Harley-Davidson Motor Cycles é uma empresa criada em 1903, em Milwaukee, Estados Unidos. A marca é mundialmente conhecida como um emblema quando se fala de motos grandes em relação tanto ao porte quanto cilindradas.

A marca, que acabou virando uma lenda para os amantes de motocicletas, surgiu quando dois jovens, Arthur Davidson e William S. Harley, tiveram a ideia de instalar um motor em um quadro de bicicleta. Tudo isso, para que a locomoção fosse mais rápidas e as subidas feita de forma mais fácil.

Depois da II Guerra Mundial, a Harley-Davidson passou a ser um símbolo do Sonho Americano, pois os soldados norte-americanos que regressaram da Guerra andavam em grupos em suas motos. Essa imagem serviu para que a marca também se tornasse um símbolo nacionalista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui