Justin Bieber banido da Ferrari: cantor desmerece “código de ética”

A notícia de Justin Bieber banido da Ferrari está estampando várias publicações. Por que? Porque ele teria violado seu código de ética e termos de propriedade com sua Ferrari 458 Itália.

A publicação italiana Il Giornale foi uma das primeiras a contar a história, alegando que a cantora pop canadense não é mais bem-vinda para comprar uma Ferrari da marca Maranello.

Por fim, entenda mais sobre essa notícia que deixou o mundo automotivo bastante curioso.

Justin Bieber banido da Ferrari

Justin Bieber banido da Ferrari

Justin Bieber banido da Ferrari

Você pode se perguntar, por quê? O que faz com que uma marca proíba uma pessoa de comprar seus produtos novamente?

Dessa forma, saiba que de acordo com o mesmo site, o cantor fez o impensável: desrespeitou o código de ética e posse da Ferrari.

Está tudo relacionado com a Ferrari 458 Italia de Bieber, a segunda Ferrari que ele comprou em 2011. Ele já havia comprado um F430 quando tinha 16 anos. Quando ele comprou, o supercarro era branco.

Mas, não muito tempo depois, ele levou-o aos famosos “personalizadores” de carros da Costa Oeste para uma reforma completa.

Por fim, foi aí que resultou na notícia de Justin Bieber banido da Ferrari.

O código de Ética da Ferrari

Dado que a Ferrari significa elegância, estilo, mas também ética e código, um dos muitos termos que vêm com a dona de um de seus veículos (eles não vão apenas vendê-lo para ninguém, você sabe, mesmo se você tem o dinheiro) é que você não está autorizado a mexer com o motor, fazer modificações na carroceria, ter pintura ridícula, ou cobrir o crachá.

Assim, ao que tudo indica, toda a personalização deve vir de concessionárias aprovadas pela Ferrari, também.

Mas depois que o WCC foi feito com o 458, a Ferrari de Bieber agora era azul elétrico e equipada com um kit liberty walk widebody, rodas de liga de 20″ Forgiato, porcas personalizadas, e teve a cor do logotipo no volante trocada;

Além disso, houve também um incidente de negligência envolvendo o 458, porque Biebs esqueceu onde ele estacionou no Hotel Montage em Beverley Hills, encontrando-o três semanas depois com a ajuda de um assistente.

Pouco tempo depois, Bieber leiloou-o, ganhando US$ 434.500.

Parece que Justin Bieber não tratou seu Cavalo Prancing como o pônei especial que era, então, se os relatórios estiverem corretos, ele não será mais capaz de conseguir um novo.

Não temos ideia sobre a verdade dos fatos, porque nenhuma citação de funcionários da Ferrari ou da equipe dele confirmou a história de Justin Bieber banido da Ferrari.

Dado que há muitas outras Ferraris modificadas por aí, não parece que as ações de Bieber possam levar a uma proibição da marca italiana.

Além disso, não é como se a estrela pop não conseguisse que alguém comprasse um para ele, embora não pareça que a Ferrari seja a marca preferida de Bieber, muitas vezes optando pela Lamborghini.

Por fim, se isso for verdade, Justin não seria a primeira celebridade banida. Ele se juntaria a Kim Kardashian, Nicolas Cage, Tyga e 50 Cent.

Considerações finais: Justin Bieber banido da Ferrari

Enfim, este foi o artigo sobre Justin Bieber banido da Ferrari.

Por fim, o que você acha desse código de Ética da marca?

SOBRE O AUTOR
Yasmin Vitoria
Sou amante de carros e motos desde sempre, hoje compartilho conhecimentos com todos vocês. Adoro escrever sobre diversas coisas, mais hoje faço parte da equipe do site revista de Automóvel. Aqui nosso intuito tentar levar os melhores artigos sobre carro, caminhão e motocicletas.
RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2022 - Revista De Automóvel