Manutenção de caminhões: o que não pode faltar?

Se você trabalha na estrada, ou ainda é dono de uma frota de entregas, certamente a manutenção de caminhões é algo muito corriqueiro em sua vida. No entanto, a falta de tempo pode ser um empecilho para que tudo esteja bem.

manutenção de caminhões

Saiba a onde fazer manutenção de caminhões (Foto Divulgação)

Ainda assim, manter a casa em ordem, ou melhor, o caminhão, é mais do que um cuidado com o seu instrumento de trabalho, como, também, com a sua vida.

Leia mais: Novo caminhão FNM 32 aparece com motor elétrico de 350cv e já em testes no Brasil

Sabemos que qualquer veículo fora de ordem pode ser um grande problema nas estradas. Estar com tudo certo é muito importante para que a rotina de trabalho siga certa.

Por isso, elaboramos uma breve lista, que pode seguir como um cronograma para você, na hora de fazer a manutenção de caminhões, e o que não pode faltar.

Por que fazer manutenção de caminhões?

Certamente você já deve ter ouvido expressões que dizem que é melhor prevenir algo do que ir postergando, na manutenção dos caminhões não é diferente. Ou melhor, é mais importante ainda.

Estar com tudo alinhado, com o seu veículo em dia, com todos os equipamentos e acessórios em dia torna o trabalho ainda mais seguro.

Em outras palavras, a manutenção é o ato de cuidar do seu instrumento de trabalho e, também, deixar tudo em ordem, que tudo esteja funcionando na mais plena ordem.

Ainda assim, podemos colocar outro ditado popular no texto: “tempo é dinheiro”. Sabe por que? Ninguém quer um imprevisto com o seu caminhão, e para que isso não ocorra é necessário ter todas as manutenções em dia. Afinal, caminhão parado não lucra.

Mas afinal, o que é necessário observar na hora de fazer a manutenção de caminhões?

Vamos lá.

Análise da parte mecânica

Ao levar o seu caminhão no mecânico, que será o responsável pelos ajustes nele, peça que ele verifique tudo.

Nesse sentido, é importante olhar os freios, afinal, é uma das partes mais importantes para o bom funcionamento do veículo.

Ainda assim, a suspensão e também a quilometragem devem ser observadas. Logo, se o caminhão está com uma rodagem muito alta, isso pode ser algo um tanto quanto complicado.

Bem como a bateria, as luzes de alerta e também de seta devem ser observadas. Como as de freio.

Leia mais: Volvo caminhão elétrico vai chegar em 2021

Verifique os pneus

Uma coisa que, em algumas ocasiões, é deixada de lado é a importância dos pneus. Porém, eles são indispensáveis para o bom andamento do veículo.

Na hora de fazer a verificação do caminhão, certifique-se de que os pneus não estão carecas, não têm furos ou rasgos. E de atenção a todos, até mesmo os de reserva.

Olhe também se existem ferrugens nas rodas, nos parafusos, se elas estão tortas ou qualquer outra coisa que prejudique o bom andamento deles.

Observe tudo isso e, se for necessário, troque os pneus que não estiverem em boa qualidade de rotação.

Atenção às pequenas coisas

Tudo dentro de um caminhão é importante, qualquer peça que seja e que não esteja em uma boa qualidade pode prejudicar o andamento do veículo.

Observe as palhetas dos limpadores, se suas borrachas estão em um bom estado de conservação, ainda mais que são acessórios que ficam expostos ao tempo e podem se desgastar facilmente.

Para caminhões abertos, observe se a lona também está boa. Veja se não possui rasgos que podem prejudicar as cargas.

Todavia, não esqueça dos espelhos. Mesmo que sejam peças de suma importância e que é até mesmo proibido rodar sem elas, verifique o estado se não estão quebradas ou trincadas.

A manutenção do veículo não ocorre somente na mecânica

Tudo bem, pode ser difícil parar mensalmente em um mecânico para olhar se tudo está bem com o seu caminhão, porém, para quem trabalha na estrada e com transportes, é muito importante fazer isso.

Ainda assim, a manutenção não ocorre somente quando o veículo chega ao mecânico. Diariamente ela deve ser feita por quem utiliza o caminhão.

Como já dito anteriormente, é bastante frisado, o caminhão é mais do que um veículo, ele é um instrumento de trabalho. Fique atento a qualquer detalhe que aparecer no painel, ou até mesmo um pneu furado ou outros problemas que possam ocorrer.

Tempo é dinheiro e, ainda mais, o barato pode custar caro. Escolha bem não somente quem será o profissional que fará a manutenção dos caminhões, mas, também, os profissionais que utilizarão ele. Afinal, quanto mais cuidadoso for o profissional, melhor estado o veículo estará.

Leia mais: Conheça novo Caveirão da Nissan Frontier

Conclusão

Imprevistos podem acontecer, e todos estamos sujeitos a eles. No entanto, quando se trata de um veículo e um instrumento de trabalho, não se pode arriscar.

Estar com a manutenção de caminhões em dia, observar cada detalhe, cuidar para que nada saia do controle é mais do que importante.

O bom estado do veículo não é importante apenas para o lucro financeiro de uma empresa ou profissional autônomo, é para cuidar da vida de quem dirige.

Fonte: New Tech

RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2021 - Revista De Automóvel