Motos elétrica da Harley-Davidson seria ótimas para o meio ambiente 

Tudo sobre as Motos elétrica da Harley-Davidson seria ótimas para o meio ambiente. A fabricante promete motos com novas tecnologias.  

A empresa Harley-Davidson está investindo em motos elétricas, e atualmente as motos elétricas da LiveWire fornecem ao menos seis modelos elétricos para a polícia da Escócia. As motos elétricas LiveWire foram adaptadas e pintadas com as cores azul e amarelo para servir de veículos para a polícia da Escócia no dia da conferência mundial do clima (COP 26).

Claro que se trata de um grande plano de marketing, mas a substituição das motos poluentes que eram antes os modelos Yamaha FJR 1300 e a BMW R 1250 que foram substituídas pelas motos elétricas da LiveWire. Foi um grande plano, pois a conferência do clima usando motos elétricas para o evento faz total sentido.

As motos elétricas da Harley-Davidson têm um designer muito bonito e moderno, e ainda neste artigo vamos mostrar alguns detalhes da empresa e dos modelos de motos elétricas, pois a empresa atualmente vende apenas o modelo one, e os modelos elétricos da LiveWire tornou-se uma marca separada da marca da Harley-Davidson.

Harley-Davidson transforma a LiveWire em uma marca nova de motos elétricas.

A empresa Harley-Davidson anunciou as novas motos elétricas que iniciou com o nome de Live Wire, e logo depois a Live Wire se tornou uma empresa separada da Harley-Davidson, essa foi uma estratégia da empresa para fazer uma empresa de motos 100% elétrica.

Veja Também

⇒ Finalmente a moto Hornet está de volta em 2022

⇒ Modelos de moto Honda de fora que queremos aqui no Brasil

O modelo foi lançado no ano de 2019, e em julho foi apresentado no International Motorcycle Show foi a estreia do novo modelo da marca.

O Jochen Zeitz CEO da empresa afirmou que está aproveitando o mercado para expandir as motos elétricas e a empresa LiveWire está planejando formar uma rede de concessionárias da Harley com uma estrutura diferente para expandir as vendas das motos elétricas.

Além de que as primeiras motos elétricas terão um modelo com o foco mais urbano, ou seja, esses primeiros modelos terão uma estrutura mais leve.

Além disso, a empresa está planejando oferecer também futuramente uma linha de modelos “premium” das motos elétricas para obter mais lucros, a empresa deseja ficar na lista das maiores empresas de motos elétricas.

Vale ressaltar que várias empresas estão crescendo no ramo de veículos elétricos, como por exemplo a tesla motor que crescem muito nos últimos anos, então o futuro dos veículos 100% elétricos no mundo todo está cada vez chegando mais perto, isso porque os veículos elétricos além de ser mais econômico, são bons para o meio ambiente.

Vale a pena comprar motos elétricas

Com o combustível ficando cada vez mais caro, e ficando mais escasso também, os veículos elétricos estão cada vez valendo mais a pena.

Além disso, os veículos elétricos fazem bem para o meio ambiente já que não precisam jogar carbono para o ar.

Então sim, os veículos elétricos são o futuro, e futuramente praticamente 100% dos veículos vão ser todos elétricos, claro que ainda falta muito tempo para isso acontecer.

Os veículos elétricos já são bem populares nos Estados Unidos, e aqui no Brasil está ficando cada vez mais popular também, porém os elétricos ainda tem um valor muito alto para ter em sua garagem.

Motos elétricas da Harley-Davidson chegam no Brasil

As motos elétricas custam U $29.799 dólares nos Estados Unidos, e o modelo consegue fazer de 0 a 100km/h em apenas 3 segundos.

A empresa tem grandes planos especialmente para trazer a moto ao Brasil, e vários outros países, pois os veículos elétricos estão cada vez mais ganhando espaço no mercado. O diferencial da empresa é que diferente dos carros, as motos elétricas ainda não ganharam muito espaço no mercado, pois ainda não surgiu uma empresa que tenha feito grandes fábricas de motos elétricas no mundo, mas isso está cada vez chegando mais perto de acontecer, em um futuro próximo as motos elétricas vão ganhar mais espaço no mercado igual os carros elétricos.

Mais Motos elétrica da Harley-Davidson

Depois de cinco anos da apresentação da moto elétrica ao público, a LiveWire planeja expandir suas motos a vários outros países, principalmente para o Brasil. A empresa planeja apresentar novos modelos da moto elétrica nos próximos anos, e além disso a Harley planeja também a criar novos conceitos para as motos elétricas como o segmento de motos de aventura e de baixa cilindradas.

A empresa divulga ao seu público que deseja expandir seus horizontes, seu plano para o futuro é de atrair muito mais clientes de todos os tipos, pois a empresa está investindo muito bem nos novos modelos de motos elétricas.

Qual o preço das Motos elétrica da Harley-Davidson ?

Pelo menos nos Estados Unidos, o preço médio das motos elétricas da LiveWire está na faixa dos U$29.799 dólares. Esse valor convertido para o Brasil, sem impostos e sem custos de frete o valor seria de R$112 mil reais na cotação atual do dólar para o real.

Por enquanto a moto elétrica está sendo vendida nos Estados Unidos e também no Canadá e Europa. A empresa tem planos para expandir os modelos elétricos globalmente ainda neste ano.

Qual a potência das motos elétricas?

As motos elétricas da LiveWire têm um motor de 105 cavalos de potência, e além disso os motores elétricos são super potentes e conseguem entregar a sua força quase que instantaneamente, ela faz de 0 a 100km/h em apenas 3 segundos de tempo. Para você ter noção da potência dos motores, uma Ferrari F8 Tributo consegue fazer de 0 a 100km/h em 2,9 segundos de tempo, então realmente o motor elétrico está aprovado para as motos elétricas da empresa.

Quanto tempo dura a carga das baterias da moto elétrica?

Outro fator muito importante é a duração da bateria das motos elétricas, pois bem, as motos elétricas conseguem fazer 235 quilômetros em percursos urbanos com a carga cheia, e em percursos mistos como rodoviárias e ciclos urbanos, ela consegue fazer até 152 km, o que é muito bom.

Além de que para recarregar a bateria completamente da moto leva apenas 60 minutos, e isso sem falar que você consegue economizar muito com o sistema que a moto elétrica possui de freio do motor que tem um grande sistema regenerativo de energia.

SOBRE O AUTOR
Yasmin Vitoria
Sou amante de carros e motos desde sempre, hoje compartilho conhecimentos com todos vocês. Adoro escrever sobre diversas coisas, mais hoje faço parte da equipe do site revista de Automóvel. Aqui nosso intuito tentar levar os melhores artigos sobre carro, caminhão e motocicletas.
RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2022 - Revista De Automóvel