Nova Honda CBR600RR 2021: muita classe e elegância Uma Supersport renovada com novos dispositivos eletrônicos e asas.

Honda CBR600RR
Honda CBR600RR emoção sobre duas rodas (Foto Divulgação)

A classe Supersport da categoria 600cc já foi uma das mais disputadas entre os modelos produzidos pela Japan’s Big Four, grande marca de motocicletas japonesas.

Os cabeças da marca, no entanto, dizem que o modelo atualizado que você verá aqui com a gente será o último da linha. Um combo de mudanças no layout e controle na emissão veicular vem sendo trabalhado para garantir uma classe 600cc ainda menos atrativa tanto para manufatores como para vendedores.

Nova moto Honda CBR600RR 2021

Colocar uma 600 para rodar de maneira limpa o suficiente para os padrões internacionais – particularmente os Europeus, onde ela é mais vendida – se torna um trabalho bastante caro.

Repassar esses custos para os revendedores acaba fazendo com que as motos se tornem menos atrativas, reduzindo chances de promoções e tornando ainda mais difícil amortizar o investimento inicial. É um ciclo vicioso que aparentemente, é impossível de ser quebrado.

:É difícil observar os detalhes pois a foto está bem escura, porém note que a exaustão abaixo do assento e o próprio assento ainda permanecem no mesmo estilo.

Veja Também

⇒ Honda CB125F 2021: um exemplo de economia sem afetar na performance

⇒ KTM 1290 Super Duke GT: Esportividade e muita tecnologia

O resultado de tudo isso é que desde 2017 a CBR600RR desapareceu das mãos dos negociadores europeus por ter sido uma verdadeira vítima dos padrões de emissões da Euro 4. No entanto, a Honda manteve a produção da moto para outros países incluindo os Estados Unidos e decidiu atualizar o modelo tornando os padrões de emissão limpos o suficiente para mantê-la circulando no mercado, incluindo o Japonês.

De fato, o modelo novo remete muito a versão de 2020, mas podemos notar algumas novidades no corpo da motocicleta.

Até o momento a Honda ainda não revelou muitos detalhes sobre a atualização do modelo, mas nossas fontes japonesas afirmam que a nova CBR600RR 2021 promete estar dentro dos padrões de emissão europeus, o qual derrubou sua primeira versão na Europa. O que parece ser tarde demais para a atualização do modelo, pois o país foi ainda mais adiante nas suas leis de emissão com as regulações da EURO 5. Contudo, as motocicletas podem voltar ao seu mercado de origem, no Japão, que ainda funciona sob as regras de emissão da EURO 4. Outros países como a Austrália parecem estar aguardando a chegada do modelo, assim também como a América do Norte, onde a original CBR600RR continua disponível para venda.

: As escolhas de mudança no estilo foram inspiradas na CBR1000RR e incluem uma capota renovada e faróis mais estreitos (provavelmente de LED).

Otimizações na parte eletrônica da moto também parecem ter sido feitas. Fica claro na imagem disponibilizada pela Honda que não foram realizadas mudanças em fatores importantes como por exemplo o sistema de escapamento em relação ao modelo original.

O tubo de escapamento, quem embora esteja um tanto desatualizado em termos de moda, continua sendo a assinatura do modelo desde que o mesmo ganhou a marca “RR” em 2003. O assento e as lanternas dianteiras também parecem ter sido mantidas.

Segundo fontes internas o novo modelo tem updates eletrônicos e agora um IMU acoplado ao sistema ABS e ao controle de tração. A tela com tecnologia TFT parece ser idêntica a do modelo CBR1000RR.

Honda CBR600RR
Honda CBR600RR uma moto show (Foto Divulgação)

Na verdade, a grande maioria dos componentes da versão de 2021 parecem ser iguais a de 2020. O quadro, garfo oscilante, freios e rodas são idênticos, assim como os steps, alavancas e outros elementos menores da estrutura do corpo, incluindo o pára-lama dianteiro. A mudança mais óbvia foi feita na carenagem, inspirada no modelo CBR1000RR, ganhando asas nas laterais e faróis que parecem mais um Clint Eastwood com os olhos cerrados ao pôr do sol.

Ajustes internos incluindo modificações na engenharia de emissão agoram enquadram o modelo nos padrões da EURO 4.

Honda CBR600RR
Moto Honda CBR600RR 2021 (Foto Divulgação)

Apenas essas mudanças externas por conta própria talvez não sejam o suficiente para abrir a carteira de novos compradores, mas os ajustes eletrônicos com certeza fazem com que o modelo supere o de 2020, pelo menos. Segundo o próprio pronunciamento da Honda, “o poderoso e renovado sistema de controle eletrônico” será o suficiente para atrair novas compras. Nossas fontes japonesas atestam a inserção do IMU (Unidade de Medição Inercial) acoplado ao sistema ABS, sistema do controle de tração da Honda HSTC, múltiplas potências e um quickshifter. O vídeo de promoção da própria Honda revela um painel TFT colorido (idêntico ao da existente CBR1000RR) o que configura a mesma redline de 15,000 rpm, um indicador de posição de marcha e uma seção de modalidades com configurações selecionáveis ​​de P (potência), T (controle de tração), W (controle de roda) e EB (freio motor). O painel da moto também é igual ao da CBR1000RR e comporta perfeitamente todos os ajustes do novo kit.

Asas em cada lado das capotas são a novidade do novo modelo enquanto alguns detalhes menores como o pára-lama dianteiro permanecem inalterados.

A revisão completa do modelo está prevista para 21 de Agosto, quando descobriremos se a Honda conseguiu fazer os devidos ajustes da CBR600RR sem perder sua potência. Nossos especialistas dizem que a nova moto produz cerca de 115 cv, quase no mesmo nível da YZF-R6 da Yamaha, porém um pouco menos do que os 128 cv oferecidos pela Kawasaki 636cc Ninja ZX-6R.

Fonte: Cycleword

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui