Nova Honda NT1100: seu lançamento será baseada na Africa Twin

Nova Honda NT1100: seu lançamento será baseada na Africa Twin com chegada prevista para próximo ano.

O CRF1100L Africa Twin da Honda já gerou um spin-off diferente na forma do cruzador CMX1100 Rebel, porém para 2022 ele está ganhando um irmão mais lógico na jeito do novo tourer esportivo NT1100.

Honda NT1100

Elegância da Honda NT1100

Há meses há rumores de uma moto de rua com motorização Twin paralela, e o nome NT1100 foi listado no início deste ano, contudo agora temos sinal absoluta na forma de homologação europeia de duas versões – NT1100A e NT1100D – abrangendo detalhes como potência, volume e dimensões físicas.

Apesar de uma aparência e especificações técnicas bastante diferenciados, o NT1100 indiscutivelmente assume os calçados grandes do VFR800 como o fundamental esportivo de turismo de peso médio da Honda , embora em risca com a tendência moderno de modelos mais enormes e de aventura, suas dimensões são próximas às do VFR800X Crossrunner.

A Honda escolheu por não atualizar os dois VFRs para conformidade de emissões Euro5 e, como resposta, o Crossrunner já está morto e o VFR800 o continuara em breve. O NT1100 preencherá a lacuna que eles deixam.

Tanto o NT1100A quanto o NT1100D usam o gêmeo paralelo 1084cc na especificação 101hp Africa Twin em vez da versão desafinada vista no Rebel 1100. Essa potência está no mesmo grau do VFR, porém alcança quase 3000 rpm mais baixo, a 7500 rpm, e é apoiado por 77 lbft de torque – 20 lbft a mais do que o VFR pode agrupar.

O NT1100A será o exemplo fundamental, com comunicação manual e dimensões parecidos ao Crossrunner. Sua distanciamento entre eixos de 1535 mm e tamanho completo de 2240 mm são ligeiramente mais longos do que o Crossrunner, entretanto a largura de 865 mm e a altura de 1360 mm na pedaço superintendente da tv são virtualmente idênticas.

Veja Também

⇒ Honda Hornet: como surgiu e porque teve sua produção para o Brasil

⇒ As motos mais queridas em venda no Brasil

Com 238kg molhado, é 4kg mais suave que o Crossrunner ou o VFR800. O NT1100D compartilha as mesmas proporções afora da altura, com 1575 mm sugerindo uma tv bastante mais elevada e volume; é 10kg mais pesado com 248kg porque usa a arca de câmbio semi-automática DCT da Honda.

A Honda já cadastrou patentes para um chassi de classe streetbike em torno do motor Africa Twin, com uma secionamento dianteira em classe treliça e um pivô de braço oscilante de liga fundida, que pode ser empregado na NT1100.

Em termos de classe, diz-se que a moto tem um olfato que recorda a scooter de aventura X-ADV, à medida que retratado na figura de maquete mostrada aqui, que foi fundada pela inspeção japonesa Auto-By com alicerce em dados vazadas sobre o Aparência do NT.

Não houve afirmação popular da Honda sobre a nova moto, porém aguardamos que eles a revelem ainda este ano para chegar às concessionárias na próxima primavera.

RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2021 - Revista De Automóvel