Quanto custo para tirar a CNH? Diferença pode chegar a 800 reais

Como só as taxas do Detran são tabeladas, custo para tirar a CNH pode diversificar muito de CFC para CFC; confira umas dicas

O valor para tirar a CNH não é tabelado, por isso, é necessário investigar bastante antes de adquirir o serviço de um Centro de Formação de Condutor (CFC). Segundo apontou uma análise anunciada pelo Detran.SP, a distinção no preço cobrado entre as empresas credenciadas pode chegar a R$ 800, variando – em mediania – entre R$ 1.200 e R$ 2.000 na categoria A (moto) ou B (veículo).

Vale recordar que somente as taxas cobradas pelo setor são fixas, o que inclui: teste clínico, psicotécnico e emissão da CNH, que somadas chegam a no auge R$ 395 caso o aluno seja aceito na primeira tentativa.

Por isso, a pioneira dica é permanecer atento ao acordo e certificar se a instituição está regularizada. Logo depois, verifique se a diferença de custos pode ser em função, por exemplo, de o CFC ofertar veículos mais modernos para a execução das aulas práticas de direção . Os valores conseguem diversificar bastante também em função da região em que a instituição está localizada.

Veja Também

⇒ Dicas de como vender carro online com toda segurança

⇒ Esta precisando dinheiro? Empréstimo com garantia de carro boa opção

Por outro lado, se o curso teórico for feito de tipo remota ( EAD ), o Detran.SP recorda que os valores devem ser diminuídos, assim como se o candidato escolher em fazer cinco cursos práticas em simulador de direção veicular.

Como é o sistema de habilitação e tirar a CNH?

Hoje em dia, a legislação válida em todo o país prevê a execução de exame médico e teste psicológica, 45 horas de aula teórica e avaliação teórica. Além disso , para a aba B ( veículo ), são indispensáveis 20 horas de aulas práticas de sentido veicular e, para a categoria A (moto), 20 horas de cursos práticas.

Por final, a regra em energia desde 2019 exige ainda até cinco lições práticas no simulador de sentido veicular para adquirir a CNH para guiar veículos, que conseguem ser feitas após da decisão do carreira teórico, anteriormente ou logo depois da evidência teórica, a regra do discente.

O Detran.SP disponibiliza em seu website simulados para quem desejar aprender para a comprovação teórica – o assento de assuntos é o mesmo usado no análise.

E quais são as taxas?

  • As taxas tabeladas divergem de Situação para Situação. Por isso, verifique os valores exatos no Detran de seu Situação. No caso de São Paulo, os valores são
  • Análise clínico (saldar de modo direto ao doutores: R$ 96,00 (R$ 70,40 no caso de concorrente com deficiência)
  • Análise psicológica (quitar sem desvios ao psicólogo): R$ 112,00
  • Cursos teóricas e práticas : valores são estipulados pela autoescola (quitar de modo direto à companhias
  • Imposto Detran.SP de prova teórico (saldar em instituição financeira conveniado): R$ 40,00
  • Imposto Detran.SP de análise fácil (saldar em instituição financeira conveniado): R$ 40,00
  • Cota Detran.SP de emissão da Autorização para Dirigir, a pioneira CNH (saldar em depósito conveniado): R$ 107,00
  • Custo Detran.SP para refazer um teste (saldar em instituição financeira conveniado): R$ 40,00
  • O Detran.SP recorda que umas autoescolas cobram uma nova taxa
SOBRE O AUTOR
Yasmin Vitoria
Sou amante de carros e motos desde sempre, hoje compartilho conhecimentos com todos vocês. Adoro escrever sobre diversas coisas, mais hoje faço parte da equipe do site revista de Automóvel. Aqui nosso intuito tentar levar os melhores artigos sobre carro, caminhão e motocicletas.
RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2022 - Revista De Automóvel