Redução de IPI para automóveis novos é aprovada!

Após muitas solicitações, o Governo Federal publicou nessa última sexta feira (29), através do decreto oficial nº 11.158 a redução de IPI para carros, motos e bicicletas novas.

Dessa forma, até certo momento, a alíquota de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros novos era de 18% e agora ficará em 24,75%.

Ou seja, isso resultando maiores benefícios e incentivos para o mercado automotivo, que hoje se encontra fortemente inflacionado.

No entanto, a dúvida que não quer calar nesse momento é: no que isso muda na prática? Agora os bens como carros, motos e bicicletas ficarão mais baratos?

Por fim, entenda a seguir tudo sobre o que a redução de IPI para automóveis novos pode trazer de vantagem para o mercado automotivo.

O que é o IPI?

Para você que não sabe, o Imposto sobre Produtos Industrializados, conhecido pela sigla IPI, é um imposto que incide hoje sobre cerca de 4 mil itens nacionais e importados no nosso país.

Dessa forma, esse 4 mil de alguma forma, devido terem passados por um processo de industrialização, aplicados sempre que o produto sai da fábrica.

Esse tributo é do tipo extrafiscal, e o foco dele é estimular, ou em alguns casos, desestimular, certos comportamentos sociais ou econômicos dentro das indústrias.

Ou seja, isso pode afetar diretamente no aumento ou na redução do consumo de determinado produto, devido as alterações causadas pelo imposto.

Automóveis terão melhores condições de venda no mercado automotivo

Quando aumentamos o percentual do IPI, ele equivale a redução do imposto para o setor automotivo à concedida aos demais produtos industrializados, conforme afirma o Ministério da Economia.

Nesse sentido, com a redução de IPI, o mercado automotivo terá melhores condições de venda no mercado automotivo, o que poderá afetar diretamente os preços dos bens.

Desse modo, é de se esperar que haja uma redução nos preços dos veículos, como carros, motos, bicicletas e dentre outros.

No entanto, é claro que apenas o IPI não pode fazer muito, onde você pode esperar que essa redução será pouca.

Ou seja, você pode até ver uma pequena diferença nos preços dos veículos, mas devido aos constantes reajustes dados pelos fabricantes, essa mudança pode se tornar mínima.

Veja o pronunciamento da Anfavea, associação dos fabricantes de automóveis, a respeito da redução do IPI:

“Foi uma decisão sensata do governo federal, em especial do Ministério da Economia, no sentido de ataque ao Custo Brasil e da busca de uma carga tributária mais compatível com a de outros países produtores de veículos”, afirma Márcio de Lima Leite, atual Presidente da Anfavea.

Segunda redução de IPI do ano

Para você que não acompanhou, saiba que essa não é a primeira redução de IPI desse ano, sendo uma redução que já vem acontecendo.

Dessa forma, vale lembrar que em março desse ano já ocorreu uma redução nesse imposto, porém, as mudanças reais nos preços foram baixas.

Portanto, não devemos esperar mudanças muito fortes em relação aos preços atuais.

Considerações finais

E você, o que acha da redução de IPI? Acha que bons resultados podem ser obtidos com essa diminuição no valor dos impostos?

SOBRE O AUTOR
Yasmin Vitoria
Sou amante de carros e motos desde sempre, hoje compartilho conhecimentos com todos vocês. Adoro escrever sobre diversas coisas, mais hoje faço parte da equipe do site revista de Automóvel. Aqui nosso intuito tentar levar os melhores artigos sobre carro, caminhão e motocicletas.
RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2022 - Revista De Automóvel