Saiba de tudo sobre Jeep de 7 lugares que está no Brasil

Na categoria SUV de médio porte do UOL Car, o Tiggo 8 venceu em 15 de dezembro. Os concorrentes também incluem o novo Território da Ford e o veterano Jeep de 7 lugares. O comentarista do prêmio, compartilhou as informações sobre a conquista do Tiggo 8. Acho que o principal fator para a vitória do Caoa Chery é que são 7 lugares. Esta configuração de cabine é crítica para o sucesso neste setor. Tiguan verificou essa teoria. Desde o seu lançamento, a Volkswagen tem sido um dos modelos mais populares nesta categoria, com duas versões de sete lugares.

Veja Também

⇒ 
Conheça os 10 carros de polícia mais interessantes do mundo

⇒ Automóveis para pessoas com deficiência (PCD) saiba o que mudou

Detalhes do novo Jeep de 7 lugares

A realidade é que existem sete SUV esportivas de médio porte que não possuem opções de assento. Essa configuração de carroceria é mais relevante para carros grandes, como Volvo XC90, Audi Q7, BMW X7, Mercedes-Benz GLE e Chevrolet Trailblazers fora do mercado de carros de luxo.

Com a popularidade dos SUVs compactos (valor mais baixo que a média), os SUVs sem diferencial de 7 lugares perderam espaço. No final, eles oferecem ainda mais espaço interior, mas a maioria não tem assentos maiores do que Hyundai Creta, Honda HR-V Nissan Kicks e Renault Duster.

Mesmo com as situações mostradas acima, a jepp ainda é a líder. existem muitas razões. O primeiro é a reputação da jepp. aliás, quem quer um SUV da marca jepp e gosta de um porta-malas deve escolher este carro, mesmo que pague mais, porque o porta-malas é a fraqueza do compacto Renegade. aliás, a Compass faz um bom trabalho em vendas diretas e é responsável pela maioria de suas marcas. Apesar de todos esses sucessos, a Jeep ainda não consegue fechar os olhos à demanda por esses sete assentos.

Jeep de 7 lugares

Novo Jeep de 7 lugares (foto Divulgação)

Como a marca já possui todas as armas, esse modelo será o principal lançamento no Brasil nos próximos anos. Este ano, o carro se espalhou muito pelas ruas de São Paulo. A foto desta reportagem foi enviada por Ricardo Teixeira, que ocultou totalmente a maquete na zona sul de São Paulo. A distância dos eixos tem um tamanho bem maior do que a jepp e a frente é muito semelhante a este SUV. Mas, não me interpretem mal: este carro será muito mais do que apenas uma versão do Compass.

A estrutura deste Jeep será a mesma do Fiat Renegade, Compass e Toro. Esta é uma base muito flexível que pode criar modelos de tamanhos diferentes. O modelo deve ser fabricado com os três carros da fábrica da FCA, em Pernambuco. O carro não vai se chamar Compass e também ainda não tem em outros mercados. Como o Toro, este é um carro novo, desenvolvido no Brasil, mas isso não significa que ficará limitado ao mercado interno.

Um degrau acima da jepp é um fato. Isso não significa necessariamente que o espaço interno será mais alto. O novo modelo deve ter uma mala maior e também acomodar os dois encostos da terceira fila.

O grande diferencial desse Jeep de 7 lugares será o motor diesel. Esta opção não se aplica ao Tiguan ou Tiggo 8 com motores flexíveis ou gasolina. O modelo também trará uma versão com tração 4×4, assim como os demais veículos desta plataforma.

O jepp ​​de sete lugares está programado para ser lançado no primeiro semestre de 2021. Portanto, o motor flexível 1.8 (do Toro e Renegade) ou 2.0 (da Compass) não deve ser usado. Na versão mais barata, será desenvolvida pelo Grupo FCA para Fiat e Jeep.

Fonte: UOLCARROS

RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2021 - Revista De Automóvel