Scooter CUmini elétrica da Super Soco chega ao Brasil

Super Soco acaba de trazer seu CUmini  para o Reino Unido e Brasil a onde seu preço é de R$ 11.167. Como substituto de uma e-bike ou pequena e-scooter, o seu motor de 0,8 cv permite atingir uma velocidade máxima de 40 km/h.

Como muitas e-bikes, não possui marchas, giros e voltas e requer pouca manutenção. O Super Soco diz que tem um alcance de 25 milhas, e a bateria de 7kg pode ser removida e carregada em casa ou no trabalho.

Ele ainda tem uma ignição sem chave, bem como um alarme e rastreador embutidos. Está aumentando de preço desde que o governo cortou a concessão da e-bike, quando foi anunciado pela primeira vez, então o CUmini custa £ 1.699 – mas ainda é menos do que muitas máquinas rivais disponíveis.

Novo CUmini Super Soco é super seguro: patinetes baratos mostram às grandes marcas como é feita a tecnologia antifurto

A especialista em eletricidade Super Soco lançou uma nova scooter chamada CU mini. A scooter equivalente a 50 cc é agora o menor modelo da linha da empresa, com velocidade máxima de 28 mph, motor de 600 watts e bateria removível. Até agora, isso não é surpreendente, mas quando você olha para as medidas de segurança da nova máquina, as coisas começam a ficar interessantes.

Isso porque o CUmini vem de fábrica com alertas, localização GPS em tempo real e histórico de movimento da scooter via smartphone. É isso mesmo, apesar de ser o menor do lixo do Super Soco, ele possui algumas das tecnologias de segurança com as quais uma motocicleta de £ 20.000 (R$ 140 mil) + só pode sonhar.

Então, como isso funciona? Os proprietários de máquinas Super Soco compatíveis podem visualizar a localização GPS atual de suas motocicletas simplesmente baixando o aplicativo para smartphone.

Eles também podem ativá-lo ou desativá-lo, verificar o histórico de movimento, ver o nível e o alcance da bateria, executar a solução de problemas e ativar as câmeras embutidas, se o modelo as tiver. Nenhum preço está disponível, mas espera-se que o CU mini custe menos de £ 2.000.

Poucas máquinas tradicionais vêm com rastreadores ou outros dispositivos, e é por isso que a Motorcycle Industry Association (MCIA) criou um programa para classificar as motocletas em uma escala de 1 a 5 para tornar mais fácil para os compradores entenderem o quão seguras elas são.

“O crime não vai acabar, então o MCIA dá as boas-vindas a qualquer esforço para combater o roubo”, disse o representante do MCIA, Nick Broomhall. “Além disso, o programa MCIA Secured permite que os compradores comparem os kits de segurança padrão de diferentes marcas de motocicletas e scooters, por isso é fácil ver o quão bem protegida está sua próxima motocicleta.”

A partir de agora, o Super Soco não faz parte do programa, portanto, não há classificações disponíveis.

Para adquiri essa motocicleta basta acessar site da BR.E-Scooter

SOBRE O AUTOR
Yasmin Vitoria
Sou amante de carros e motos desde sempre, hoje compartilho conhecimentos com todos vocês. Adoro escrever sobre diversas coisas, mais hoje faço parte da equipe do site revista de Automóvel. Aqui nosso intuito tentar levar os melhores artigos sobre carro, caminhão e motocicletas.
RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2022 - Revista De Automóvel