Verge TS: visual atrevido com aceleração de um supercarro

 

Conheça a moto Verge TS: visual atrevido com aceleração de um supercarro. A empresa Polaris RMK, como é conhecida foi fundada em 1996, e com o passar dos anos se tornou uma das melhores, com expertise em fabricação de motos de neve, start-up finlandesa quer ultrapassar os limites de design e funcionalidade na indústria de motocicletas.”

Atualmente com o modelo Verge TS em fases testes finais,com motor de 108 cv, potência para acelerar de 0 a 100 km/h em meros 4 segundos, a empresa vem trabalhando há algum tempo com motocicletas elétricas com acionamento sem cubo.

A motocicleta Verge TS tem uma configuração simples e ao mesmo tempo complexa, sua parte central do sistema é sustentada pelo braço oscilante, enquanto a parte externa gira em torno dele como se estivesse sobre trilhos.

Veja Também

⇒ Para celebra 100 anos de existência Moto Guzzi lança V100 Mandello

⇒ Finalmente a Triumph revela nova moto Speed Triple 1200 RR

Com destaque pelo estilo agressivo e alto desempenho, uma nova moto elétrica com porte e especificações, com a capacidade de competir diretamente com a também elétrica Harley-Davidson LiveWire.

 

Com estilo roadster com designer finlandês bem agressivo para agradar seu público alvo

Com o diferencial:

  • motor elétrico, na roda traseira
  • pode ser substituído usando ferramentas convencionais
  • facilidade na manutenção, pois seu motor é integrado da indústria sem correntes, sem óleos, com isso possui manutenção mínima
  • Com propulsor que serve como aro e suporte de suspensão, mostrando uma solução extremamente criativa.

Configurações:

  • 80 kW (108 cv) e 102 kgfm de torque máximo.
  • Aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos
  • velocidade máxima de 180 km/h limitada eletronicamente
  • Com opção de recarga rápida
  • Com cubo central: com vantagem de reduzir as perdas por atrito
  • Com bateria no centro do quadro de liga de alumínio, oferece uma autonomia que varia de 200 a 300 km, dependendo do modo da condução.
  • Possui um carregador rápido que leva somente 15 minutos para carregar toda a energia suficiente para viajar 100 km, enquanto o carregador de bordo leva 4 horas para recarregar completamente.

E sua composição, além de bonita e excêntrica, é simples, com quadro em alumínio e um elegante ´pack´ de baterias semelhante a um motor convencional a combustão.

Na pratica, uma parte da estrutura lamelar do motor é parte integrante do braço oscilante e a segunda parte é integrante do aro, que é colocado em rotação quando os eletroímãs são acionados.

A única desvantagem do sistema é que ele requer um aro largo e, portanto, um pneu traseiro muito largo.

Mas, como não há corrente, cinto ou caixa de câmbio para minar a potência, a empresa explica que é uma maneira extremamente eficiente de impulsionar a bicicleta e ela complementa que para fazer a troca do pneu não é tão difícil quanto parece.

Gostou do modelo, a montadora está aceitando pedidos.

A motocicleta Naked muito esportiva, será vendida por 24.999 euros (pouco mais de R$ 104 mil em conversão direta) com entregas esperadas no próximo ano para o mercado europeu, e para ser feita a encomenda desta nova moto elétrica vai ter de realizar um deposito de 2.000 euros para confirmar o seu pedido.

 

RELACIONADOS

Deixe seu comentário

© 2021 - Revista De Automóvel